Loja DUAS

Espinheiro, Recife (PE)

+

Projeto construído

Menção honrosa no prêmio Lijane Tinoco

IABPE de arquitetura, 2021

na categoria Interiores e Design

Conceito

 

A Loja DUAS é uma marca pernambucana de roupas e acessórios que tem como essência a estampa autoral. Esse projeto, iniciando em dezembro de 2018, teve como desafio criar uma loja conceito para a marca, que estava inaugurando uma nova sede no Recife. 

 

O conceito tem como premissa revelar as PREEXISTÊNCIAS muitas vezes escondidas nas obras.

O desafio que propomos partiu do retirar. RETIRAR as camadas sobrepostas e expor o cru. Revelar as marcas gravadas nos corpos {materiais} através do gesto humano. Destacar as feridas cravadas nas paredes por tantas outras lojas que passaram por esse espaço.

 

As pequenas inserções, de forma quase cirúrgica, de objetos carregados de MEMÓRIAS AFETIVAS: transformar uma árvore caída no meio da mata em uma luminária. Ressignificar arquivos esquecidos no fundo de antiquários em caixa e expositores. Tudo costurado por uma LINHA PRETA metálica que ora é arara, ora é apoio para espelho, ora é escada.

 

Composição Plástica

 

A partir da estratégia do retirar conquistou-se uma paleta em cores cruas, cinzas e areias, fruto dos antigos revestimentos (cimento, terra, argamassa). Essa paleta foi essencial para o contraste com as estampas e cores da marca Duas. Para a parte de exposições das peças foi gerado um fundo branco, para neutralizar ainda mais e destacar os produtos.

Compondo com os materiais remanescentes, foram escolhidos a madeira compensado em seu estado natural, sem nenhum laminado melamínico, e a cor preta.

Zoneamento

 

A loja foi setorizada de modo a buscar a melhor estratégia para o visual merchandising. Na porção inicial, “zona ouro”, foram propostas araras que possibilitam a exposição coordenada dos produtos ou de forma massificada, dependendo da estratégia de venda do momento. Para o centro foi desenhado um móvel com linhas diagonais, que remetem aos traços da identidade visual da marca. Este móvel possui diferentes alturas e aberturas funcionando como expositor, estoque (gavetas) para pequenos produtos e cachepot para plantas.

No fundo do espaço foram lançados os provadores. Graças às pequenas dimensões da loja foram desenvolvidas algumas estratégias para o maior aproveitamento das superfícies como expositores. Como no caso do fundo dos provadores, que tem como revestimento externo madeira compensada, gerando um pegboard capaz de expor mais acessórios. À essa superfície também foi acoplada um painel led, onde são projetadas as campanhas publicitárias com os vídeos da marca, fazendo uma conexão com as mídias utilizadas nas plataformas digitais.

FICHA TÉCNICA

Arquitetes

André Moraes e Carolina Mapurunga

Construção

Robinho

Clientes

Marina Viturino e Lia Tavares

Fotografia

Gabriela Passos e Bruna Pontual.